MILITARES DE BRASÍLIA EM CAMPANHA SALARIAL.


MILITARES DE BRASÍLIA EM CAMPANHA SALARIAL. “Nós não estamos em GREVE, não fazemos GREVE e não entraremos em GREVE!”... a Juíza Drª Noêmia Porto, Secretária Geral da Associação Nacional dos Magistrados disse que a PM está numa situação muito difícil, pois se a constituição por um lado proíbe a sindicalização e a greve, por outro lado os policiais são trabalhadores e nessa condição que meios teriam de reivindicar melhores condições de trabalho e melhor estruturação na carreira?

 

MILITARES DE BRASÍLIA EM CAMPANHA SALARIAL. “Nós não estamos em GREVE, não fazemos GREVE e não entraremos em GREVE!”

"Em entrevista coletiva no Clube dos Oficiais, o NMU e o Fórum de Associações foram enfáticos em informar à imprensa que os integrantes da Polícia Militar NÃO ESTÃO EM GREVE, porém só encerrarão a Operação Tartaruga, desencadeada no ano passado, após o governo resolver dialogar com as categorias."

        Representantes das categorias reclamam que nos últimos 3 dias os meios de comunicações têm divulgado artigos tendenciosos que tentam levar a população aacreditar que a Polícia Militar do Distrito Federal está em GREVE. Segundo os mesmos Isso é uma grande mentira, que merece até um enquadramento criminal, devendo os seus propagadores serem punidos exemplarmente. Realmente pode-se observar que a polícia permanece nas ruas, executando seu serviço. Segundo os policiais, levar o pânico à sociedade é falta de responsabilidade.

    Uma matéria publicada por um grande jornal de circulação no DF e sob o título " Policiais festejam violência e incentivam a omissão" causou revolta nos quarteis, quando seus autores afirmaram que policiais estariam comemorando a violência que assola a capital. brasileira.

        O artigo que irritou os policiais foi publicado pelo Correio Brasiliense, e diz que pelas redes sociais os militares parecem estar gostando do aumento da violência. O jornal não deixa claro a que grupo teve acesso, so diz que os membros de dizem policiais.

     Veja parte do texto publicado: "Correio teve acesso a um grupo de discussão em uma rede social formado apenas por quem se diz PM ou bombeiro do DF. Nele, aparecem comentários agressivos daqueles que deveriam zelar pelo bem-estar do cidadão brasiliense. Alguns não economizam nas ameaças e nas agressões verbais, principalmente a quem vive nas áreas mais nobres. “Este pessoal da Asa Sul, Asa Norte, Sudoeste, Lago Sul e Norte só sabem (sic) cobrar trabalho da PM, por que não cobram também um salário digno ao policial, um plano de carreira decente, que motive o PM a trabalhar???"

       Em entrevista ontem à TV Justiça, a Juíza Drª Noêmia Porto, Secretária Geral da Associação Nacional dos Magistrados disse que a PM está numa situação muito difícil, pois se a constituição por um lado proíbe a sindicalização e a greve, por outro lado os policiais são trabalhadores e nessa condição que meios teriam de reivindicar melhores condições de trabalho e melhor estruturação na carreira?

http://sociedademilitar.com.br De: http://tenpoliglota2012.blogspot.com.br/

 
eXTReMe Tracker