Funcionários do DETRAN-RS receberão reajuste.

 

O Detran-RS aceitou, em reunião na tarde desta quarta-feira, conceder os 28% de reajuste reivindicados pelo Sindicato dos Servidores da autarquia. Ainda existe impasse sobre a forma de pagamento. O Estado sugere que o repasse ocorra em cinco parcelas - duas delas em novembro deste ano, totalizando quase 10%, duas em 2013, e a última, de 8%, só em 2014. Mesmo que a oferta do governo também contemple os servidores de nível médio, o sindicato da categoria ainda não descartou a hipótese de paralisação e leva a proposta a uma assembléia geral, na manhã desta quinta-feira.

A categoria, contudo, pede que os 28% sejam pagos em, no máximo, duas vezes - uma de 22% retroativa a setembro e outra de 6% prevista para fevereiro de 2013. A presidente do Sindicato dos Servidores do Detran-RS, Maria Goretti da Costa, comentou a negociação. “O indicativo de greve ainda é grande. Então só uma assembléia geral pode definir tanto a apreciação da proposta quando os rumos do nosso movimento, além do mais a categoria deixou bem claro que esses prazos precisam ser antecipados”, destacou.

Durante o período da assembléia, que deve começar às 9h, os Centros de Formação de Condutores (CFCs) em todo o Estado ficarão de portas fechadas. A expectativa da categoria é de que os salários, no DETRAN, sejam equiparados aos que são pagos no Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Hoje, um servidor em início de carreira no DETRAN recebe R$ 4.053, para nível superior, e R$ 1,6 mil, para nível médio, na jornada de 40 horas.   

Nesta segunda-feira, os servidores cruzaram os braços. Por conta da paralisação, 2,8 mil exames de direção, entre práticos e teóricos, tiveram de ser reagendados.

De: http://reajuste.info

e http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=475016

 

eXTReMe Tracker