Dezoito categorias aceitaram as propostas do governo federal, mas policiais e funcionários do Incra decidiram manter a greve.

Dezoito categorias aceitaram as propostas do governo federal, mas policiais e funcionários do Incra decidiram manter a greve.

 

    Segundo a confederação dos func. públicos, aceitaram o acordo servidores da Saúde, Funasa, Previdência, Trabalho, Cultura, Fazenda, Funai, Agricultura, Arquivo Nacional, Imprensa Nacional, Museu do Índio, Planejamento, Justiça, Transportes, Embratur, Secretaria de Patrimônio da União, administrativos da Polícia Rodoviária Federal e Integração Nacional.   Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), órgãos que também integram o Condsef, decidiram não aceitar a oferta.

 

    Os diretores da confederação se dizem insatisfeitos com os 15,9%, e mesmo aceitando a proposta garantem que vão tentar ainda negociar com o governo. A entidade alega representar 80% do funcionalismo federal.

 

     

       Militares aguardam.

     Militares aguardam ainda para essa semana o tão esperado anúncio de reajuste salarial. Segundo informações de jornais como Correio brasiliense a presidente considera justas as reclamações sobre defasagem salarial e olha com simpatia para a disciplina dos militares mantida durante as polêmicas sobre a comissão da verdade, e poderá anunciar um reajuste maior para a categoria. Autorizações para aumento de despesas militares e a preferência por estes no comando da segurança de grandes eventos são mostras de que a presidente, que foi presa política, tem diminuído suas reservas para com as forças armadas. Ainda que exista especulações sobre um anúncio de reajuste para essa semana as poucas entidades que congregam militares da reserva planejam uma manifestação pacífica para o sete de setembro em várias capitais do país. 

      Os Militares da reserva estão atentos pois há rumores sobre alterações em vantagens e adicionais, o que pode prejudicar os militares da reserva e pensionistas, porém, com pouco poder de reivindicação tudo indica que estes deverão que se sujeitar à decisão. Fonte: http://reajuste.info

 

Comentários   

 
-2 #1 Reinaldo 28-08-2012 18:08
Não aguento mais essa novela, mas creio que essa semana acaba, só quero saber o índice para os militares para nos planejarmos para mais 3 anos de penúria!
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

eXTReMe Tracker